Vidro duplo e triplo - Ficha Técnica

Versatilidade ao seu alcance: segurança e isolamento (térmico e acústico)

O que é o vidro duplo?

O vidro duplo ou triplo é composto por dois ou mais vidros e uma camada separadora – câmara de ar ou gás, selada de forma a garantir a sua estabilidade e estanquicidade.

Consoante o objectivo e as necessidades que pretenda satisfazer, esta tecnologia pode adaptar-se ao controlo solar, ao isolamento térmico e acústico, à redução das necessidades de manutenção e limpeza dos vidros e ainda ao aumento substancial das condições de segurança.

Características do vidro duplo

O vidro duplo ou triplo pode ser utilizado com uma vasta gama de combinações dos seus vidros interiores e exteriores. É fundamental que para cada aplicação seja avaliada a composição mais adequada, para que se obtenha o melhor rendimento e se evitem quebras por ocorrência de choques térmicos.

Na composição de um vidro duplo ou triplo podem considerar-se vidros que previamente sofreram alterações de manufactura – furos, tempera, foscagem, laminagem.

Acabamento normal/temperado:
Vidro base: incolor, extra-claro, anti-reflexo, bronze, verde, gris, fosco ou impresso – todas as espessuras disponíveis

Vidro laminado: incolor ou opaco – todas as espessuras disponíveis

Principais aplicações

Construção – Janelas e portas
Espaços interiores – Jardins de Inverno, varandas, terraços
Edifícios comerciais – Coberturas e fachadas